quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Moeda Comemorativa Centenário do Voo do 14 Bis (2006)

Moeda comemorativa em prata
História: Em 1906, um brasileiro de espírito obstinado e idéias geniais realizava em Paris um feito histórico que iria diminuir as distâncias entre os povos, revolucionando a forma como as pessoas passariam a se locomover: o voo do avião 14 Bis, idealizado e realizado por Alberto Santos Dumont. Em 23 de outubro de 2006 comemorou-se o centenário deste marco da história da aviação mundial. E o Banco Central do Brasil, para registrar e celebrar este evento, lançou moeda em prata comemorativa do Centenário do Voo do 14-Bis. Foi autorizada a cunhagem de 30 mil moedas. Veja o exemplar abaixo:

Reverso em prata
Anverso em prata
Exemplar: No anverso, a imagem do 14 Bis aparece logo acima da legenda “CENTENÁRIO DO VOO DO 14 BIS” na parte central. Ao fundo, retas transpassadas reproduzem o desenho formado pelos cabos de aço da aeronave. A legenda “BRASIL” aparece na parte superior e “1906-2006”, na parte inferior. No reverso – preenchendo o lado esquerdo da moeda, a imagem de Santos Dumont. No lado direito, em destaque, o valor facial da moeda “2 REAIS” com a assinatura do inventor do 14 Bis.

Voo do 14 bis 

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Moeda Comemorativa Centenário Portinari (2003)

Moeda comemorativa em prata
Cândido Portinari
Personagem: Nascido em Brodósqui, interior de São Paulo, em 30 de dezembro de 1903, Portinari foi – e é até hoje – um dos maiores expoentes brasileiros das artes plásticas, no Brasil e no mundo. Filho de imigrantes italianos, de origem humilde, recebeu apenas a instrução primária. Sua infância simples, porém rica em valores culturais característicos do interior do Brasil, lhe serviu de inspiração. Portinari pintou o povo brasileiro, as coisas simples da sua terra, sempre em duas vertentes, duas interpretações, que se completam: uma delas, a que mostrava a miséria e os problemas sociais, estampados nos rostos sofridos da gente brasileira: retirantes, agricultores, lavadeiras; a outra, lírica, apresentava as brincadeiras das crianças simples do interior, e as festas e tradições populares. Dois retratos do mesmo Brasil. O Brasil de Portinari, que ele apresentou aos brasileiros e ao resto do mundo, conquistando inúmeros prêmios. Também caracteriza a sua obra a preocupação com a paz, que encontra grande expressão nos painéis Guerra e Paz, instalados na sede da ONU em Nova Iorque. Portinari faleceu em 6 de fevereiro de 1962, vítima de intoxicação pelas tintas que utilizava em seu trabalho. Foi autorizada a cunhagem de 20 mil exemplares. Veja a moeda abaixo:

Reverso em prata
Anverso em prata
Descrição: No anverso, destaca-se o portrait de Portinari, com detalhe de painel do artista, localizado no Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro. Completa a composição a legenda "Centenário Portinari 1903 -2003". O reverso apresenta detalhe de uma das obras mais conhecidas do pintor - da série "Retirantes". Aparecem no reverso, ainda, o valor de face (2 reais) e a legenda "Brasil"

Painéis Guerra e Paz, expostos na sede da ONU, em Nova York

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

5 Centavos de Real (1994)

Moeda de 5 Centavos
Primeiro Governo FHC (1995 - 1998): Fernando Henrique Cardoso foi ministro da economia no governo Itamar Franco (1930 - 2011). Graças ao sucesso do Plano Real, que reduziu drasticamente a inflação, FHC venceu as eleições presidenciais de 1994 no 1º turno, com grande vantagem sobre o candidato de oposição Luís Inácio Lula da Silva. Algumas reformas econômicas, como o controle da taxa de juros para conter a inflação, são usadas até hoje. Na era FHC houve uma série de privatizações de mpresas estatais como a Telebras e a Vale do Rio Doce. Sua gestão também ficou conhecida pelos programas de distribuição de renda como o Bolsa Escola. A estabilidade econômica nesse período favoreceu sua reeleição, ainda no 1º turno, nas eleições de 1998. Veja o exemplar abaixo:

Reverso (acervo pessoal)
Anverso (acervo pessoal)
Primeira Família de Moedas do Real: A hiperinflação que assolou o país fez com que os brasileiros não utilizassem as moedas, visto que as cédulas rapidamente perdiam valor. O Plano Real trouxe as moedas de volta ao bolso das pessoas e mudou hábitos há tempos abandonados. A primeira família de moedas do Real, ainda em circulação, foi cunhada entre 1994 e 1997. Observe o exemplar abaixo:

Representação da República
Descrição: A moeda, feita de aço inoxidável, tem desenho semelhante todas as moedas da primeira família (com exceção da moeda de 25 centavos). Possui em sei reverso a inscrição indicativa de valor (5 Centavos), ladeada por ramos de louros. Abaixo, os dísticos "centavo" e o correspondente ao ano de cunhagem (1994). O Anverso mostra à direita, a efígie representativa da República, ladeada por representação estilizada de ramo de louros. Na parte inferior, a inscrição "BRASIL".

Efígie da República: É a personificação do regime republicano e do próprio estado onde esse regime vigora. Geralmente a imagem da República é representada, iconograficamente, por uma mulher, ostentando um barrete frígio (touca ou carapuça usada pelos republicanos franceses na tomada da Bastilha, em 1789). No Brasil, ela se tornou um símbolo do país, com a proclamação da república em 1889.

Ps: Acompanhe a Era FHC.
Fonte: Wikipédia

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Moeda Comemorativa do Pentacampeonato Mundial de Futebol (2002)

Moeda comemorativa em prata
História: Constituindo o futebol um traço cultural de forte expressão no Brasil, esporte que age até mesmo como elemento de integração, promovendo o otimismo e o orgulho nacional, o Banco Central do Brasil, em trabalho integrado com a Casa da Moeda do Brasil, desenvolveu projeto para lançamento de moedas comemorativas alusivas ao Pentacampeonato Mundial de Futebol, título conquistado em na Copa do Mundo realizada no Japão e Coréia do Sul entre maio e junho de 2002. Foi autorizada a cunhagem de 30 mil exemplares em prata e 5 mil em ouro. Veja o exemplar de prata abaixo:

Reverso em prata
Anverso em prata

Cartaz da Copa 2002
Exemplar de Prata: O anverso da moeda de prata apresenta uma estilização da bandeira do Brasil, destacando o Cruzeiro do Sul com suas cinco estrelas, numa alusão aos cinco títulos conquistados pelo País. À direita aparece a ilustração estilizada de um jogador conduzindo a bola. Completam a composição as legendas “Brasil”, “2002” e “Pentacampeão Mundial de Futebol”. No reverso da moeda de prata, destaca-se a representação estilizada de um gol: uma bola balançando a rede. Abaixo da denominação (5 reais), aparecem as cinco estrelas alinhadas, tal como na logomarca da Seleção Brasileira.



Moeda comemorativa em ouro
Exemplar de Ouro: O anverso da moeda de ouro apresenta ilustração estilizada de um jogador em campo com a bola, além da legenda "Brasil" e da era de cunhagem (2002). No reverso da moeda de ouro, uma composição relaciona a bola de futebol com a constelação do Cruzeiro do Sul. Completam harmoniosamente esta composição o valor facial (20 reais) e a legenda "Pentacampeão Mundial de Futebol".


Seleção Pentacampeã de Futebol

Em pé: Lúcio, Edmilson, Roque Júrior, Gilberto Silva, Marcos, Kaká,
Vampeta, Anderson Polga, Dida, Rogério Ceni e Belleti

Agachados: Ronaldinho, Ronaldo, Roberto Carlos, Kléberson, Rivaldo, Cafu,
Júnior, Ricardinho, Luizão, Edmilson, Denílson e Juninho Paulista
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...