sábado, 20 de outubro de 2012

1 Cruzeiro (1972) - Sesquicentenário (150 Anos) da Independência

Moeda Comemorativa
Em 1972, no ato da comemoração do sesquicentenário da independência do Brasil (150 anos), o governo iniciou uma série de festividades. A celebração mais importante foi o traslado dos restos mortais de D. Pedro I – embora seu coração tenha ficado na Igreja da Lapa em Porto – ao Monumento à Independência (veja localização), que se localiza em São Paulo às margens do Riacho do Ipiranga, onde foi proclamada a independência do Brasil do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves em 7 de setembro de 1822. O museu foi inaugurado em 1922, nas comemorações do centenário. A cripta está instalada em uma capela aonde repousam as imperatrizes D. Leopoldina de Habsburgo e D. Amélia de Leuchtenberg, primeira e segunda esposas respectivamente. Veja o exemplar abaixo.

Reverso (acervo pessoal)
Anverso (acervo pessoal)
Selo Comemorativo
Descrição: A moeda mostra, em seu reverso, o mapa do Brasil com uma luz resplandecendo de seu centro e o valor facial (1 CRUZEIRO). O anverso mostra as efígies do imperador D. Pedro I e do então presidente da República Emílio Garrastazu Médici, o ano de cunhagem representado no selo comemorativo. A borda da moeda tem a inscrição “SESQUICENTENÁRIO DA INDEPEDÊNCIA”.

Propaganda Nacionalista
Presidente Médici
Presidente Médici: Emílio Garrastazu Médici (1905 - 1985) foi presidente do Brasil entre 30 de outubro de 1969 e 15 de março de 1974. No ato de sua posse, exigiu que o Congresso Nacional fosse reaberto. Em seu governo, a repressão e a tortura chegaram ao auge. Os “porões da ditadura” passaram a trabalhar com o aval do Estado e assassinatos e torturas eram promovidos em delegacias e presídios. As guerrilhas foram reprimidas e apenas a Guerrilha do Araguaia resistiu (até 1975). A imprensa foi fortemente controlada, o que impossibilitava qualquer denúncia contra as arbitrariedades do governo. Esse período foi marcado por forte propaganda nacionalista, onde os meios de comunicação mostravam uma visão positiva do país com palavras de ordem como “Brasil, ame-o ou deixe-o”. O sucesso da propaganda se deu graças a medidas econômicas promovidas pelo ministro Delfim Neto, que levou o Brasil a ter índices de crescimento econômico superiores a 10% ao ano. Era o milagre econômico. Nessa época foram realizadas grandes obras como a Transamazônica, a Ponte Rio Niterói e a Usina de Itaipu. O período de desenvolvimento foi curto, pois a crise do petróleo no Oriente Médio em 1973, pôs fim à euforia econômica.

D. Pedro I
D. Pedro I: Pedro de Alcântara Francisco António João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon (1798 - 1834) foi o primeiro Imperador do Brasil e considerado o heroi da independência. Chegou ao Brasil juntamente com a família real, com destaque para seus pais (o príncipe regente de Portugal D. João VI e a princesa Carlota Joaquina) e sua avó a rainha D. Maria I (a louca). No Brasil se casou com a Princesa Leopoldina e, após a morte da esposa com D. Amélia. Colecionava amantes, mas a sua preferida era certamente Domitila de Castro, que em 1826 recebeu o título de Marquesa de Santos. O reinado de D. Pedro, após a independência do Brasil em 1822, foi marcado pela primeira constituição (de 1824), pela perda da Cisplatina (atual Uruguai). Abdicou ao trono brasileiro em favor de seu filho Pedro de Alcântara, com apenas cinco anos, para que sua filha mais velha, Maria da Glória, se tornasse Rainha de Portugal. Ao todo teve 18 filhos oficiais. Faleceu aos 35 anos de tuberculose na mesma cama em que nasceu, no Palácio de Queluz, em Lisboa. Em 1972, na comemoração do sesquicentenário da independência, seus restos mortais foram trazidos para São Paulo e repousam no Museu do Ipiranga.

Monumento à Independência em São Paulo

28 comentários:

  1. têm alguns desenhos, mas é simples.

    ResponderExcluir
  2. Cara, acho muito legal esse seu acervo!

    ResponderExcluir
  3. ke loco
    http://nipponpress.blogspot.com.br/2012/10/assembleia-municipal-de-okinawa-exige.html

    ResponderExcluir
  4. Já pensou 18 filhos hj em dia? hahaha
    simplesmente amo historia!

    ResponderExcluir
  5. super diferente seu blog parabéns e gostei muito...
    http://snestalgia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Acho legal essa jogada de colocar um contexto histório e demonstrar seu acervo! Muito bacana

    ResponderExcluir
  7. Muito legal o que você faz aqui no seu site!

    Ótimo mesmo!

    http://www.ziqzira.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, cara... curtí os marcadores sequenciais alí do lado!

    ResponderExcluir
  9. Esse médici foi o pior presidente da ditadura militar, matou muita gente. Acho que já achei uma moeda dessas enterrada na casa da minha avó, dei para ela KKKKK
    Victor, eu acho que vc está me viciando em moedas, tó até querendo colecionar, tenho umas 30 moedas aqui antigas, diferentes KKKK

    ResponderExcluir
  10. tem um buda aqui em casa cheio de moedas antigas talvez tenha uma dessas lá

    ResponderExcluir
  11. como sempre cultural elegante rápido de se ler e precisa informações não é cansativo eu gosto e te deixo um abraço.

    ResponderExcluir
  12. eu tenho moedas essas ai, eu vendo! valor 1.500 so ligar 21 965556515

    ResponderExcluir
  13. eu tenho moedas essas ai, eu vendo! valor 1.500 so ligar 21 965556515

    ResponderExcluir
  14. Quanto vale essa moeda? Gostaria de saber pois tenho interesse de comprar, quem souber o preço informar pelo email cristianepizzardo@gmail.com, obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite cristiane eu tenho 14 moedas de 1 cruzeiro do sesquicentenario da indepedência ,se a Sr@ estiver interessada pode me ligar no numero (11) 949644362 Cesar .

      Excluir
    2. Eu tenho uma si vc si enteressa chama no Whats (86)988836235

      Excluir
    3. Eu tenho uma si vc si enteressa chama no Whats (86)988836235

      Excluir
  15. Histórica é tudo...tenho uma moeda dessa não tem dinheiro que pague.

    ResponderExcluir
  16. Temos aqui em casa a maior quantidade dessas moedas, talvez quebrando o record cerca de 10 kilos somente dela.
    se houver algum interessado pode entrar em contato pelo whatsapp: 8896012070

    ResponderExcluir
  17. tenho uma moeda comemorativa de 10 anos de fundação do Banco Central, valor 10 cruzeiros com 11,30g de prata, aceito ofertas.

    Ricardo Rodrigues, 021 969495136

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho essa moeda se alguém quiser 68 92059209 eu vendo

    ResponderExcluir
  19. Eu tenho essa moeda se alguém quiser 68 92059209 eu vendo

    ResponderExcluir
  20. tenho essa moeda vendo valor a combinar 042988568695

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...